segunda-feira, 17 de abril de 2017

Infungível

Se não houver
Eu perdi
Desvaneci
Me rendi

Se não houver
Eu corri
Armei
Mas senti

Se não houver
Desamores
Desanimados
Temores

Se não houver
Não sabemos
E acho até
Que nunca saberemos

Se não houver
Me fudi
Me criei
E até concorri

Se não houver
Não senti
Me perdi
Mas nunca menti

Se não houver
Calmaria
Mas havendo
Quem saberia?

Se não houver outra vida
Essa aqui
mano
Tu viveu?

Nenhum comentário:

Postar um comentário